Amazonas Política

Eduardo Braga alerta sobre os desafios do Amazonas em convenção do MDB

“O Amazonas vai precisar de uma voz corajosa e independente que defenda os interesses dos amazonenses no Senado”. A afirmação, em tom de alerta, foi feita pelo senador Eduardo Braga durante a convenção estadual do MDB. Em seu discurso, ele se referiu às reformas que o Brasil deverá promover nos próximos anos, já com o novo governo eleito este ano.

O evento do partido foi realizado na manhã deste sábado (04/08), no Rancho Sertanejo, no bairro de Flores, e contou com a presença de mais de 3 mil pessoas. Na ocasião, foram lançadas as candidaturas à reeleição do senador Eduardo Braga, além das candidaturas proporcionais dos deputados federais e deputados estaduais.

“O Brasil vai eleger um novo presidente e ele vai ter que fazer reformas para fazer o nosso país voltar a crescer. Entre elas, a reforma tributária que, dependendo da forma como for apresentada, pode prejudicar e muito o nosso modelo econômico. O povo do Amazonas tem que eleger uma bancada forte e atenta para que a reforma tributária não acabe com a Zona Franca de Manaus”, disse Eduardo.

Outra reforma citada pelo senador em seu discurso é a da previdência social. Na opinião de Eduardo, essa reforma não pode recair como um peso em cima da população mais humilde, ou seja, não pode cobrar de quem não pode pagar. “A nova previdência tem que cobrar dos privilegiados que recebem muito da previdência e não pagam por isso. Tem que cobrar de quem recebe dividendos de lucro e não paga imposto de renda. Este não é o Brasil e nem a reforma que eu quero”, destacou.

Ainda falando de futuro, Eduardo lembrou que todos os investimentos em saúde, segurança, educação e infraestrutura só conseguirão ser efetivados com a ajuda do governo federal. “Para transformar nosso estado em um Amazonas melhor, temos que contar com a habilidade e determinação de parlamentares que sabem conduzir as articulações em Brasília para viabilizar os recursos que o nosso povo tanto necessita. Por isso, coloco novamente o meu nome à disposição da população para um novo mandato no Senado Federal”, finalizou.