Amazonas Brasil Política Política Segurança Segurança

Centenas de lojas no Amazonas são usadas para lavar dinheiro do tráfico, segundo Arthur Neto

O prefeito da cidade de Manaus, Arthur Neto do PSDB, se reuniu com o ministro extraordinário da segurança pública do Brasil, Raul Jungmann, na última sexta-feira (24) para tratar da calamidade que a segurança pública do estado do Amazonas se encontra.

“A gente já sabe quantas lojas existem que lavam dinheiro para traficantes em Manaus. Fontes explicam que já são mais de 400 lojas”, afirmou o prefeito depois a reunião com o ministro Raul Jungman demonstrando sua preocupação com o Amazonas se transformar em um Estado dominado por criminosos

A reunião aconteceu na sede do Ministério da Segurança Pública e teve a participação dos s de Inteligência e de Segurança Pública. O ministro Raul Jungmann se comprometeu em enviar uma equipe para avaliar a situação em Manaus e no Estado do Amazonas.

“A reunião com o ministro Raul Jungmann foram fraternos e expus o estado do meu Estado, que não tem um governador que seja capaz de enfrentar esse drama da insegurança pública. Alguém tem que fazer e eu não quieto. Tem gente que até se cumplicia com isso, por causa de eleições e tudo, mas eu não situação e minha posição é clara há muito tempo. Sou muito afirmativo em relação a algo que com o futuro dos nossos netos e com o futuro da nossa nacionalidade, da nossa cidadania”, afirmou Arthur.

O prefeito Arthur Virgílio também acatou a sugestão do ministro em promover a união dos governadores da região Norte do País em torno da busca por soluções que minimizem a atuação das facções.