Amazonas Política

Grupo Bingel recebeu mais R$ 35 Milhões da SEDUC para realizar palestras nas escolas da rede pública

Sérgio Roberto Melo Bringel, dono da Bringel Medical Distribuidora de Medicamentos Ltda, mais conhecida como Grupo Bringel, foi preso na última quinta-feira (11) na operação deflagrada pela Polícia Federal denominada “CashBack”. Sérgio Roberto recebeu mais de R$ 35 Milhões do governo do estado por meio da SEDUC (Secretaria de Estado da Educação) para realizar palestras educacionais em escolas da rede pública de ensino,

Segundo a PF, a empresa de Sérgio Bringel participa de uma rede de corrupção que é responsável pelo desvio de mais ou menos R$ 140 Milhões da saúde pública do Amazonas, fora os R$ 100 Milhões em notas fiscais frias que foram verificadas pela Receita Federal. Em 12 anos, o grupo Bringel recebeu em apenas um contrato mais de R$ 550 milhões dos cofres públicos, isso de acordos com os dados da Polícia Federal.

Os dados estão no site do ministério da Transparência