Amazonas Política

Chefe de gabinete de Wilson Lima já teve contas reprovadas pelo TCE por improbidade administrativa

Lúcia Carla Gama, que assumirá a cheia do gabinete do governador eleito Wilson Lima (PSC), já teve suas contas reprovadas pelo TCE (Tribunal de Conta do Estado) quando foi chefe da AGECOM-AM (Agência de Comunicação Social), referentes ao ano do exercício do cargo, em 2011. As contas de Lúcia foram reprovadas, por maioria de votos pelo pleno do TCE.

Entre as impropriedades encontradas nas contas da Agecom estavam, por exemplo, a ausência de publicação da declaração de bens atualizada anualmente, além de irregularidades perante a Procuradoria Geral da Fazenda Nacional e também junto ao Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS).

Lúcia Carla foi multada, segundo o voto, pelos atos praticados com grave infração à norma legal. O julgamento ocorreu em 2013.