Amazonas Política

Clâ dos “Castelo Branco” em alerta após derrota dupla nas eleições

Reizo Castelo Branco (PTB) é o único membro da sua família que se mantém em exercício da função política como vereador, já que sua mãe Vera Castelo Branco não conseguiu a quantidade de votos necessária para se eleger ao cargo de deputada estadual, obtendo 11.509 votos (cerca de 0,65% do total apurado).

No seu terceiro mandato como vereador, Reizo concorreu ao cargo de deputado Federal, obtendo 44.789 votos (2,54% do total apurado), assim como sua mãe, não obteve êxito no pleito deste ano, o que já havia acontecido nas eleições de 2014, quando ambos tentaram vaga na Assembleia Legislativa do Amazonas.

Problemas com a Justiça Eleitoral

Nome mais conhecido da família, Sabino Castelo Branco, segue em recuperação após o AVC que sofreu no ano de 2017. Sabino e Reizo foram denunciados ao TSE no ano de 2010 por uso eleitoreiro de programa televisivo e abuso de poder econômico durante as eleições daquele ano e quase ficaram inelegíveis. As investigações do MPE apontam que pai e filho davam bens à população as vésperas daquele pleito.

O Tribunal Regional Eleitoral do Amazonas(TRE-AM) aceitou, em 2012, ação do Ministério Público Eleitoral (MPE) que acusava Sabino de irregularidades no processo eleitoral. Reizo Castelo Branco estava inelegível por oito anos e não teve o mandato cassado porque não era candidato nas eleições em 2010. Já o pai, Sabino, permaneceu no cargo por meio de uma decisão liminar. Foram absolvidos pelo então presidente do STF, Dias Toffoli, em decisão que quase deixou os dois inelegíveis.