Amazonas Política

Deputados querem aumentar seus próprios salários

Na noite da última quinta-feira (13), deputados estaduais se reuniram na ALE-AM (Assembleia Legislativa do Amazonas) para discutir o reajuste dos próprios salários a partir do ano de 2019 para o próximo mandato.

De acordo com o regimento interno, qualquer reajuste nos salários deve ser feito até o fim do atual mandato, sob pena de os futuros parlamentares passarem os próximos quatro anos com o contracheque de hoje.

O assunto que foi discutido durante a reunião que ocorreu de portas fechadas, de acordo com o deputado que participou dos debates internos, os parlamentares devem estender o funcionamento do plenário da ALE-AM até a próxima quinta-feira (20), um dia após o encerramento do calendário de atividades do poder.

A convocação dos deputados poderá ocorrer porque o reajuste só pode ser dado depois de o Congresso Nacional decidir sobre o mesmo tema. E isso só acontecerá na quarta-feira vindoura, dia 19, sem hora para ser votado.

A média salarial de um deputado estadual do Amazonas hoje, cada um ganha mensalmente uma renda que gira em torno de R$ 25 mil. O auto-reajuste pode chegar a 75% do ganho dos parlamentares.

A expectativa de muitos deputados e senadores é por um reajuste de salário de 16,3%, o mesmo que foi dado aos servidores do Judiciário. Um deputado federal ganha hoje R$ 33,7 mil.

Existe um otimismo com esse reajuste na esteira da aprovação desta quinta, dia 13, do primeiro orçamento para o futuro governo na Comissão Mista de Orçamento do Congresso. A proposta é de R$ 3,38 trilhões.