Amazonas Política

“Quadrilha” vai tomar conta da Afeam, com sinal verde de Wilson Lima

Servidores da Agência de Fomento do Estado do Amazonas (Afeam) seguem com sentimento de revolta e indignação por conta da troca de gestor do órgão e a colocação de uma “quadrilha” para ficar à frente da agência. Os trabalhadores pretendem recorrer o quanto antes ao Banco Central do Brasil para que um novo nome seja indicado para comandar a Afeam.

De acordo com os trabalhadores, o gestor indicado pelo governador Wilson Lima, Marcos Vinicius Cardoso de Castro, “liderava” uma quadrilha que saqueou a Afeam durante muitos anos. Além disso, ele também acobertou falcatruas e, agora, chega para encobrir o rombo que existe na agência.

Conforme alguns dos servidores da Afeam desligados nos últimos dias, a quadrilha é extensa e tem mais de cinco membros. Entre os participantes do grupo, há pessoas que respondem a vários processos na Justiça, possuem bens bloqueados e que são “laranjas”.

Um dos membros da quadrilha seria Otoniel Tavares Monteiro, que assumiu a gerência de crédito da agência. Ele é suspeito de má-aplicação de serviços públicos devido a investimentos milionários que configuram alto risco para o Estado.

Os servidores afastados afirmam que toda a nova diretoria tem plenos poderes no órgão, concedidos pelo governador Wilson Lima. Os trabalhadores pedem o afastamento da nova equipe que vai dirigir a Afeam por temerem prejuízos tanto para o órgão como para o Estado.