Amazonas Política

Empresários denunciam cobrança de propina para liberar nota fiscal na Sefaz-AM

Para conseguir retirar uma nota fiscal na Secretaria de Estado da Fazenda (Sefaz-AM), empresários, agora, devem pagar uma taxa 25% referente ao valor do documento. Quem precisa retirar o documento, afirma que o órgão está fazendo extorsão com o aval do governador do Amazonas, Wilson Lima.

De acordo com um empresário que entrou em contato com o Observatório Manaus, a cobrança começou neste ano. “Quando cheguei à secretaria para retirar a minha nota presa, me cobraram 25% por cada documento. Se não pagasse essa porcentagem, o pagamento da minha empresa não seria liberado”, afirmou.

O empresário disse, ainda, que a cobrança não é justa. “É uma falta de respeito com quem trabalha para ganhar o seu dinheiro honestamente e, quando chegamos na hora de receber ainda temos que pagar uma taxa para retirar a nota”, desabafou o empresário ao dizer que, em outros governos, não havia a cobrança de 25%.