Amazonas Economia Política

Wilson Lima mantém Empresa contratada por José Melo para comandar monopólio de novas placas do Detran-AM

O Amazonas já iniciou o processo de implantação de placas de veículos em padrão estabelecido pelo Mercado Comum do Sul (Mercosul). No Estado, uma empresa contratada pelo ex-governador José Melo, preso durante a operação Maus Caminhos, em 2016, é quem vai tomar conta de mudança dos itens.

As placas serão fabricadas pela empresa Central de Placas e o local já está equipado para atender a demanda. “Essa empresa foi contratada em 2015, ainda durante a gestão de José Melo. A empresa também pertence a um dos proprietários da Rede Calderaro. E, por isso, estão acontecendo tantas blitze na cidade, a pedido de Dissica Calderaro”, disse uma fonte do Departamento Estadual de Trânsito do Amazonas (Detran-AM), ao Observatório Manaus.

Em 2017, o então presidente do Detran-AM, Leonel Feitoza, homologou, por quase, R$ 100 milhões, a licitação para contratar, por 5 anos, a empresa Central de Placas da Amazônia como única fornecedora de placas para veículos do Estado. No entanto, o Ministério Público Federal do Amazonas (MPF-AM) abriu inquérito para apurar a suspeita de favorecimento desta empresa.

A contratação, de acordo com o MPF, pode causar diferentes danos aos proprietários de veículos. Na época, três empresas participaram da licitação, mas apenas uma se enquadrava aos requisitos do edital.