Amazonas Política Saude

Wilson Lima tem R$371 milhões em caixa, não paga os profissionais da saúde por que não quer

Em meio ao caos que se instalou na saúde do Amazonas, o governador Wilson Lima informa a população apenas que não há dinheiro suficiente para compra de materiais e pagamento dos servidores. No entanto, conforme publicação feita no Portal da Transparência, no último dia 9, há uma sobra de mais de R$ 371 milhões nos cofres públicos.

“Com esse dinheiro, o governo consegue pagar dívidas atrasadas da saúde”, comentou o deputado estadual, Dermilson Chagas, ao dizer que o valor poderia ser repassado diretamente para o setor considerado mais crítico no Estado, o da saúde.

No último dia 9, a receita mostrada no site era R$ 1,4 bilhão e despesa, um pouco mais de R$ 1 bilhão. “Quando subtraímos receita e despesa, temos então um valor considerado como sobra orçamentária”, explicou o Dermilson.

Segundo ele, o valor não corresponde à realidade que vem sendo anunciada pelo governador Wilson Lima e sua equipe. “A todo o momento eles falam que o Estado não tem dinheiro, somente dívidas, estou mostrando que não é verdade”, afirmou o parlamentar.

O parlamentar finalizou seu discurso ressaltando que há boas notícias para as cooperativas, desde que haja seriedade com o orçamento. “O governo pode tirar esse dinheiro do orçamento e pagar as empresas médicas. Mas para isso, tem que usar com sinceridade os recursos”, enfatizou.

Dermilson Chagas pré-agendou uma reunião com o Secretário de Estado da Saúde, Carlos Almeida. O encontro foi desmarcado pelo secretário, sem justificativa. “Apenas fui comunicado que sua agenda está cheia. Também não fui informado de uma nova data. Estou esperando”, informou o parlamentar.