Opinião

Secretário de saúde nas gestões de Melo e David foi preso na “Operação Maus Caminhos”
Para tentar conter a crise na saúde, o governo de David Almeida manteve entre seus secretários um dos acusados de receber cerca de 20 milhões em propina com recursos da saúde. Pedro Elias foi indiciado pela operação Maus Caminhos. Ele foi o mentor para o fechamento de as unidades de Centro de Atenção Integral a Criança (CAIC) e os Centro de Atenção Integral a Melhor Idade (CAIMIs) e ainda sondou…
“Doações” em época de eleição são comuns em gestões de Amazonino
Recentemente, o governador Amazonino Mendes foi acusado de compra de votos. O motivo foi o programa “Terra Produtiva” que distribuí inúmeros itens para produção agrícola, dentre eles tratores de pequeno porte, serras elétricas, triciclos e outros. Mesmo notificado pela Procuradoria Regional Eleitoral, o governador ignorou e executou a distribuição dos bens. De acordo com o deputado Serafim Corrêa, as práticas de distribuição de bens as vésperas das eleições são históricas…
Briga por Subsecretaria da Seminf esquenta os bastidores da Prefeitura de Manaus
Para quem pensa que só há briga e articulações pelos cargos eletivos (mandatos) ou do primeiro escalão dos executivos: Municipal, Estadual e Federal, está redondamente enganado. Uma briga que promote esquentar os bastidores da Prefeitura de Manaus é pelo comando da Subsecretaria de Serviços Básicos da Seminf. Por lá passam todos os contratos de asfalto e manutenção da capital que gira entorno de R$150 milhões. O atual subscretário, Antônio Peixoto,…
Amazonino associa a vinda de pessoas do interior para Manaus ao aumento da criminalidade
Na manhã desta quinta­-feira (11), durante entrevista coletiva para apresentar um balanço dos cem primeiros dias de sua gestão, o governador Amazonino Mendes (PDT), associou a vinda de pessoas do interior para a capital ao aumento da criminalidade. A afirmação do governador desrespeita as pessoas que moram nos outros 61 municípios do Amazonas, como se a vinda deles obrigatoriamente significasse um aumento na criminalidade. Na fala do governador, o homem…
Maus caminhos: na guerra da informação e desinformação, em quem acreditar?
A deflagração da operação Maus caminhos está desmontando um esquema que vai muito além dos R$ 110 milhões desviados da saúde que foram utilizados para bancar o luxo de empresários, políticos e agentes públicos. Após a prisão do ex Governador José Melo houve quem dissesse que as investigações havia alcançado seu ápice e que a partir de então deveria caminhar para o seu final. Mas a PF e a Justiça…
José Melo entra para a história como primeiro governador cassado e preso por corrupção no Amazonas
Um menino humilde, nascido nos seringais acreanos, virou professor José Melo de Oliveira e tinha o sonho de ser governador do Amazonas. Conseguiu depois de muitos anos de prestação de serviços públicos. Agora está preso acusado de chefiar uma quadrilha responsável em desviar mais de R$ 200 milhões da Saúde no Estado. José Melo vai ficar para a história política do Amazonas como o primeiro ex-governador a ser preso pela…
O significado da palavra “corrupção” no Amazonas vítima da Maus caminhos
O dicionário da língua portuguesa dá várias definições para a palavra “corrupção”, o mais conhecido diz que a palavra significa ato ou efeito de subornar uma ou mais pessoas em causa própria ou alheia, geralmente com oferecimento de dinheiro; suborno. Mas a operação batizada como “Maus caminhos” em sua primeira fase e “Custo político” na nova fase deflagrada ontem (13) pela Polícia Federal, Ministério Público Federal e Controladoria Geral da…
Se a PF segue a delação de Jennifer, Omar e Nejmi podem ser os próximos presos
Se a Polícia Federal está seguindo os passos da delação de Jennifer Nayara Yochabel Rufino Corrêa da Silva, ex Presidente do Instituto Novos Caminhos. Os próximos que serão presos, podem ser Omar Aziz e Nejmi Aziz. Jennifer afirmou que um carro de luxo – uma BMW – foi comprado pelo médico Mohamed Mustafá para Nejmi, além disso, Mustafá também teria comprado um terreno de propriedade da ex primeira dama como…
Artur Neto é um tigre ao atacar professores, mas é um gato angorá no colo dos empresários do transporte coletivo
O prefeito de Manaus, Artur Neto (PSDB) pareceu um tigre ao chamar os professores da rede municipal de conspiradores. Manteve-se firme ao deixar no cargo seu herdeiro político Artur Bisneto, mesmo depois que ele chamou professores de “baderneiros”. Manteve debaixo de seu braço a secretária de educação, Katia Helena, mesmo depois de chamar os professores de “criminosos. Já em relação aos empresários do transporte coletivo, Artur age como um gato…
Acostumado a descumprir acordos, Artur pode sofrer um “ippon” em 2018
Quando renunciar ao cargo de prefeito para concorrer ao senado, Arthur irá virar passageiro em uma prefeitura comandada pelo paranaense de Cianorte, Marcos Rotta, que é uma invenção de Amazonino através de Omar Aziz, consolidada por Eduardo Braga. Como Arthur está torrando toda grana da prefeitura para tentar se eleger senador, reeleger o filho deputado federal e agora eleger a nova mulher – que impõe a ele uma candidatura a…