DISPENSA

Acusada de fazer contratos ilegais pelo MPF, pode se a escolhida de Wilson Lima para comandar AmazonasTur
A ex-presidente e o ex-diretor financeiro da Empresa Estadual de Turismo do Amazonas (Amazonastur), Oreni Braga e Francisco Lopes da Silva foram denunciados pelo Ministério Público Federal (MPF) por dispensar o processo licitatório e contratar de forma direta, empresa que ia elaborar projeto executivo do Centro de Convencões do Amazonas Vasco Vasques, localizado na avenida Constantino Nery, ao lado da Arena da Amazônia, no bairro de Flores, zona Centro-Sul de…