Juíza de Nhamundá fará amanhã audiências sobre pedido de cassação de Nenê Machado

por Alex Mendes
Juíza de Nhamundá fará amanhã audiências sobre pedido de cassação de Nenê Machado

Em Nhamundá (a 375 quilômetros de Manaus), a juíza, Roseane Jacinto do Vale Cavalcante, da 43ª Zona Eleitoral marcou para esta quarta-feira (08) duas audiências sobre caso de dois pedidos de cassação do mandato do prefeito Nenê Machado (PROS) e do vice-prefeito, Cleudo Mantegão.

 

As audiências de instrução e julgamento, estavam marcadas para ontem (6), mas a magistrada transferiu para o dia 08 de março. Nesta terça-feira, a juíza chegou a Nhamundá. As audiêcias acontecerão às 9h e às 11h, na sede do Cartório Eleitoral da cidade, situada a rua Furtado Belém, Centro, quando as partes poderão apresentar testemunhas.

 

As ações foram impetradas pela “coligação Tratar bem das Pessoas “,do candidato Israel Paulain ( PMDB), que ficou em segundo lugar no pleito de outubro. Nenê venceu com diferença de 36 votos, resultado que é contestado também por aliados de Paulain.

 

O primeiro processo que tramita na Justiça Eleitoral de Nhamundá trata de  Abuso do Poder Econômico, Abuso de Poder Político e Captação Ilícita de Sufrágio. Ou seja, Nenê teria comprado votos, que segundo a denuncia, ocorreu por meio de distribuição de materiais de construção e outros bens materiais.

A segunda diz respeito também à compra de votos, mas relacionada à distribuição de feijoada feita pelo candidato Nenê Machado, no município de Parintins ( a 325 quilômetros de Manaus ), aonde reside um grande número de eleitores da cidade de Nhamundá. Muitos simpatizantes da candidatura de Nenê que estiveram no evento fizeram questão de fazer postagens na rede social Facebook. Um farto material foi entregue à Justiça.

 

Em 2010, o prefeito de Nhamundá, Tomaz Pontes e o vice Afonso Geraldo Bindá, tiveram os mandatos cassados pela Justiça Eleitoral e com sentença mantida pelo Tribunal Regional Eleitoral (TRE/AM), por distribuírem quentinhas em embalagem de marmitas, no dia das eleições. O TRE mandou empossar o segundo colocado Mário Paulain, que assumiu como novo prefeito da cidade.

 

A juíza Roseane Jacinto do Vale Cavalcante, que é titular da Vara única de Nhamundá, respondeu neste mês de janeiro, cumulativamente, pela 3ª. Vara da Comarca de Parintins. A magistrada também já atuou como titular das Comarcas de Atalaia do Norte e Manicoré.

Fonte: Fato Amazônico

Leia também