Silas Câmara, ‘poderoso chefão’ se concede ‘diploma’ de jornalista

por Alex Mendes
Silas Câmara, ‘poderoso chefão’ se concede ‘diploma’ de jornalista

O cacique Silas Câmara, “poderoso chefão” de umas e outras instituições locais fundadas por ele com apoio de membros do seu clã ajudado por uns e outros aventureiros oportunistas tem um ego do tamanho do Maracanã. Melhor ainda: maior que a baía do Rio Negro.

 

Mas quem o conhece de perto e acompanha a vida dele diz que o cara é muito mais arrogante, pretensioso e a mania de grandeza dele seria maior que a de Fidel Castro, que se julgava ninguém menos que, digamos assim, deus.

 

Silas bem que tentou ser Deus na sua…digamos,também, “igreja”, mas o diretório nacional não deixou.

 

Assim, Silas Câmara baixou a bola e se contentou em atuar a nível local e se não pode ser “deus”, vai dando uma de Satanás  cujo buraco é mais embaixo que o do “divino”  e vai pregando suas peças e promovendo maracutaias.

 

Envolvido em vários escândalos nos patamares episcopal, municipal, estadual e federal, o bom deputado federal, gazeteiro,  passa 30 dias por mês “visitando suas bases” no Amazonas e apenas 3 “defendendo os interesses dos eleitores amazonenses” na Câmara Federal.

 

Mas como? 33 dias por mês? É… o mês do Silas Câmara tem 33 dias.

 

Mas  o imenso ego de Silas Câmara não se contenta com pouca coisa e como dizem nossos caboclos do beiradão  exige PENICO CHEIO.

 

Ou seja, na igreja dele, Silas Câmara funciona como capeta-chefe, no Congresso como “deputado stealth”, a nível manauara ele e a turma dele vão de engraxate de porta de boteco a play boy da alta sociedade e agora pasmem: Silas é “jornalista”.

 

Mas onde ele arranjou tempo pra estudar? Foi por correspondência? Como ou quem conseguiu um diploma pra ele?  Marshall McLuhan? Umberco Eco? Johannes Gensfleisch zur Laden zum Gutenberg? Gay Talese?

 

E, ao menos, o “jornalista” Silas sabe escrever cinco linhas com uma receita de bolo?

 

Sim, Silas hoje, além de capeta-mor, poderoso chefão, dono de clã, forneiro de maracutaia e etc, também é “jornalista”.

Quem duvidar é só ver o “diploma” pendurado no escritório dele ou cópias do documento que ele mandou imprimir e distribuir aos milhares em forma de calendário de mulher nua espalhados por todo o Brasil pra todo mundo tomar conhecimento dessa “honrada conquista” da badalada figura.

 

O tempo pra estudar Silas arranjou enquanto dormia o sono dos justos, que era o único tempo que ele tinha disponível pra dedicar ao “aprendizado”.

 

Quanto à receita de bolo Silas não a escreve porque não tem tempo nem aprendeu nada sobre culinária (não confundir com “maracutaia”) na “faculdade” da qual recebeu o “diploma”, mas ele tem uma pá de aspones e asmenes capazes de fazerem isso pra ele e de graça.

 

Ah sim, a “faculdade” que deu o diploma ao Silas foi a dele mesmo, a que ele fundou, a que tem o pomposo nome de Faculdades Boas Novas e cujos profissionais que lá trabalham são todos empregados dele.

 

Cá pra nós: Os caras iriam negar dar um diploma pra ninguém menos que o PATRÃO!

Fala sério, sô!

Mais Notícias

Leia também