Connect with us

Amazonas

Ninguém teve coragem’, diz Sabino

O deputado federal Sabino Castelo Branco (PTB) afirma que está colocando a família e a própria vida em risco por causa da luta contra o crime organizado. “Ninguém no meu Estado teve a coragem que eu estou tendo, de enfrentar essa situação”, diz o parlamentar, que está determinado a instalar, na Câmara Federal, uma CPI para investigar a atuação do crime organizado no País. A chacina que vitimou 60 presos no AM, em janeiro, está entre os motivos para o pedido de investigação, segundo Sabino.

Altruísmo  Ao responder nota publicada pela coluna, que dava conta dos outdoors espalhados por ele em Manaus com os nomes de facções criminosas e seus líderes, Sabino informa que já atingiu o número de assinaturas para a CPI. Ele ainda assegura que a publicidade não tem nada a ver com as eleições de 2018.

Reação Sabino lembra que a disputa entre facções em Manaus matou 50 pessoas durante 13 dias, em abril, conforme publicou A CRÍTICA, e diz que a criminalidade no AM cresceu 134% em dez anos e que, em 2016, o Brasil atingiu o recorde de homicídios, conforme o Mapa da Violência.  A CPI, segundo ele, vai buscar uma forma de “conter”o crime organizado.

Fonte: A critica

Advertisement

Leia Também

Copyright © 2021 Observatório Manaus - Desde 2012