“Bonzinho e humilde”, David Almeida estudou a mesma cartilha de José Melo. Entenda!

por Alex Mendes
“Bonzinho e humilde”, David Almeida estudou a mesma cartilha de José Melo. Entenda!

Desde que assumiu interinamente o cargo de Governador do Amazonas, o Deputado Estadual licenciado, David Almeida (PSD), tem anunciado, em ritmo frenético, pacotes de bondades sem fim, a grande maioria com prazos que extrapolam o curto período em que estará à frente do executivo estadual. De repente, como num passe de mágica, os recursos financeiros que ele próprio repetia em coro com José Melo que não existiam, apareceram.

Tô nem aí

David Almeida não está preocupado se com sua demonstração de poder econômico repentino, está desmoralizando ainda mais José Melo. Isso porque ele segue a mesma cartilha do seu ex-líder e aliado, que para se eleger Governador em 2014, prometeu tudo a todos. Ao que parece, José Melo “estocava” recursos públicos para que pudesse jorrar verba no período eleitoral do próximo ano. Com pouco tempo, e já às vésperas da eleição suplementar, Davi resolveu “arrombar” o cofre.

Nada é por acaso

Davi corre e exagera na exposição de sua imagem à frente do Governo. O marketing que envolve suas ações, por menor que sejam, tem o objetivo torná-lo minimamente viável como candidato na eleição vindoura, o resto ficaria a cargo do poder da máquina pública, claramente já sendo utilizada com toda sua força, assim como em 2014.

Semelhanças não são meras coincidências

O “modus operandi” do Governador interino se confunde com o de José Melo, a diferença é o tempo escasso. Por isso, Davi e seus aliados na Assembleia Legislativa do Amazonas, também trabalham em uma frente que visa efetivá-lo no cargo através de eleições indiretas, o que tiraria das mãos da população, o direito de escolher seu Governador.

Chega

O Amazonas já experimentou o que é ser Governador por um “humilde e bonzinho”, a experiência parecia perfeita logo no início. Mas o tempo se encarregou de mostrar a triste realidade.

Leia também