Amazonas Política

Wilson Lima deixa dívida de mais de 200 mil no fechamento de sua campanha eleitoral

A campanha eleitoral do recém governador eleito Wilson Lima (PSC), terminou com uma dívida de R$282.326,43 e a campanha do seu adversário, Amazonino Mendes (PDT) fechou sua campanha com dinheiro sobrando, cerca de de R$ 777.426,51. Tanto no primeiro quanto no segundo turno das eleições governamentais, Wilson Lima declarou que arrecadou R$ 1.928.820,00 e gasto R$ 2.211.146,43. O prazo final dos candidatos para apresentar a  prestação de contas com a justiça eleitoral que se refere aos dois turnos foram atualizados no último sábado (17). Os dados estão disponíveis no site do TRE-AM.

Segundo o Digulgacand (Sistema que verifica a prestação de contas dos candidatos), quem mais ajudou financeiramente a campanha de Wilson Lima foi o seu partido, o PSC (Partido Social Cristão) que enviou para o estado do Amazonas mais de R$1,4 Milhões. E de acordo também com o Divulgacand, a pessoa física que mais entrou com recursos na campanha vencedora foi Silvyane Parente de Araújo Castro, que dou R$ 37 mil, cerca de 1,9% das receitas de Wilson Lima. Os dados do sistema ainda constam que a campanha de Lima já pagou R$ 1.679.969,48 dos débitos atrasados e que ainda falta R$ 531.176,95 a serem pagos.