Amazonas Política

Maqueiros, serviços gerais, AGP’s e jardineiros com salários atrasados farão manifestação em frente ao MPT

Na próxima segunda-feira 28, o Movimento Enfermagem Unida do Amazonas que é composto por jardineiros, maqueiros, serviços gerais, agentes de portaria e técnicos em manutenção terceirizados irão paralisar seus respectivos serviços em prol de uma manifestação que tem como objetivo reivindicar salários atrasados, insalubridade, férias e até mesmo protestar contra o assédio moral.

De acordo com os manifestantes, o salário da categoria está atrasado há mais de 5 meses, o FGTS de quem foi demitido ainda não foi depositado e também o vale transporte, que em alguns casos os próprios profissionais tiram do bolso. E quando os mesmo questionam sobre seus direitos, chegam a sofrer assédio moral de seus superiores.

A manifestação está marcada para acontecer na próxima segunda-feira 28, em frente ao MPT (Ministério Público do Trabalho), localizado na avenida Djalma Batista, bairro Flores, Zona Centro-Sul de Manaus.