Amazonas Política Saude

Médico denuncia que surto de H1N1 no Delphina Aziz é abafado pelo governo de Wilson Lima

A crise na saúde só se agrava no governo de Wilson Lima. Além de salários atrasados, falta de remédios e aparelhos e péssimas condições de infraestrutura, outro problema começa a assustar a população que, frequentemente, precisa utilizar os serviços das unidades hospitalares.

O Observatório Manaus recebeu uma denúncia de que o Hospital e Pronto-Socorro Delphina Aziz estaria com um surto de H1N1. O caso também estaria sendo “abafado” pela Secretaria de Estado da Saúde (Susam).

“Já aconteceram dois óbitos causados pela doença. A situação está sendo abafada pelo governo do Estado porque não há no estoque de medicamentos a vacina contra o H1N1. A previsão é de que o remédio chegue ao Amazonas somente em março”, afirmou um médico que atua no Delphina Aziz.

O H1N1 é um vírus que pode causar gripe. Crianças, idosos, gestantes e pessoas com doenças crônicas ou imunodeficiências são mais vulneráveis. Após os sintomas, o tratamento deve iniciar em 48 horas, com orientação médica. Além da vacinação, é importante lavar as mãos e evitar locais com aglomeração de pessoas. Os sinais são febre, tosse, dor de cabeça, dores musculares, dor na garganta, fraqueza, entre outros. É um alerta de saúde pública.