Fisioterapeuta fica cega após ser esfaqueada 78 vezes a mando do namorado

por Naief Queiroz
Fisioterapeuta fica cega após ser esfaqueada 78 vezes a mando do namorado

Uma fisioterapeuta de 36 anos corre o risco de ficar cega de um dos olhos após ser esfaqueada a mando do namorado. O crime aconteceu em Salvador na noite da última quinta-feira (28) e, após a sequência de agressões, Isabela Oliveira Conde foi jogada em acostamento da BR-324, no trecho de Simões Filho. Ela foi socorrida por pessoas que passavam pelo local no momento. Fisioterapeuta fica cega após ser esfaqueada 78 vezes

Em entrevista ao G1, uma das irmãs da vítima disse que Isabela, que tem uma filha de 16 anos, está internada e ainda se recupera das lesões. Ela relatou também que a irmã só conseguiu sobreviver porquê se fingiu de morta.

“Ele [Fábio] foi buscar ela [Isabela] no trabalho, ela é fisioterapeuta de um hospital. Quando ela entrou no carro, dois homens estavam no banco de trás. Ela perguntou quem eram os homens e ele disse que eram dois amigos dele. No caminho ela achou estranho, mas seguiu no carro. [Ainda no carro] os dois homens começaram agredir ela, e Fábio continuou dirigindo, dizendo que era para parar só quando ela estivesse morta. Então, ela se fingiu de morta e eles jogaram ela na BR”, relatou Iracema ao G1.

Como Isabela está sob proteção judicial, a irmã optou por não informar em qual hospital ela estava internada. O suspeito, Fábio Barbosa Vieira, que namorada com a vítima por cerca de de dois anos, está preso. Os outros dois homens, acusados como executores das agressões, ainda são procurados pela polícia.


Ao G1, Iracema disse que os médicos informaram que a vítima foi agredida com 78 facadas. Ela disse ainda de que forma a irmã foi socorrida.

“Depois que jogaram ela do carro, ela foi caminhando até a pista e pediu ajuda. Um caminhoneiro e o motorista de um ônibus não pararam, com medo, mas dois casais que estavam em um carro ajudaram ela. Quatro anjos de Deus. Minha irmã é muito forte”, contou ao G1.

Leia também