Amazonas Política

Luiz Castro trocou empresa que custava R$ 28 milhões por outra de R$ 46 milhões para fazer o mesmo serviço

Segundo o deputado estadual Wilker Barreto, o governo de Wilson Lima, por meio do secretário de Educação, Luiz Castro, dispensou licitação para a empresa Dantas Transporte no valor de R$ 46 milhões para fazer o mesmo serviço feito pela empresa RV ONO por R$ 28 milhões. Ou seja, a empresa RV ONO cobrava R$ 18 milhões mais barato que a empresa que Luiz Castro contratou.

Mas a farra com dinheiro público não para por aí. Luiz Castro paga para empresa Dantas Transporte R$ 46 milhões para fazer transporte escolar para 23 municípios do Amazonas, no período de seis meses. Enquanto para os demais contratos para fazer transporte para 39 municípios no período de 12 meses, Luiz Castro paga R$ 33 milhões.

O todo-poderoso da Seduc já dispensou mais licitações que fez benefícios para a Educação no Estado. Logo, logo, os professores irão reivindicar os reajustes salariais.