Médico que espancou e depois jogou esposa no Rio Negro é persona non grata em Foz do Iguaçu

por admin
Médico que espancou e depois jogou esposa no Rio Negro é persona non grata em Foz do Iguaçu

O médico Gustavo Machado Pereira que espancou covardemente a esposa Glenda Rafaella (25), no último sábado (16), em um famoso flutuante de Manaus, já se meteu em outras confusões.

Leia mais: Médico tortura, espanca covardemente e depois joga esposa no Rio Negro

O Observatório Manaus recebeu um vídeo em que Gustavo Pereira aparece  xingar os iguaçuense. Segundo informações da fonte que pediu para não ser identificada, Gustavo é persona non grata em Foz do Iguaçu.

https://www.youtube.com/watch?v=8mz_ywBUFl4&feature=youtu.be

Fonte contou que além de xingar e perguntar se não tinha homem em Foz do Iguaçu, Gustavo responde a processos no Estado por Racismo e agressão.

Entende o Caso

O médico ‘surtou’ com ciúmes da esposa e começou a gritar em um flutuante em Manaus. Segundo Glenda Rafaella, ela foi brutalmente espancada, depois foi jogada no Rio Negro e salva pelo barqueiro que conduzia lancha. O espancamento continuou dentro carro do casal até chegar a saca de sua mãe.

Leia mais: Médico tortura, espanca covardemente e depois joga esposa no Rio Negro

Leia também