Mundo Segurança

Mulher corta a própria mão para receber 380 mil de seguro

Uma mulher de 21 anos foi presa na Eslovênia por deliberadamente cortar a mão para receber milhares de euros em prêmios de diversos seguros que contratou, informou a polícia nesta segunda-feira.

“Juntamente com um cúmplice, amputou deliberadamente a mão na altura do pulso com uma serra circular com a esperança de fazer parecer um acidente”, afirmou um porta-voz da polícia de Ljubljana, Valter Zrinski.

A mão pode ser reimplantada no hospital universitário da cidade.

No entanto, as autoridades perceberam que a mulher havia tentado obter os prêmios de cinco contratos de seguro diferentes.

No total, esperava receber cerca de 380.000 euros em prêmios, além de outros 3.000 por mês por invalidez.

A mulher e seu cúmplice, um familiar de 29 anos já condenado por fraude, foram presos e correm o risco de enfrentar oito anos de prisão.

Um casal igualmente cúmplice, também da família da mulher, foi colocado sob controle judicial.

O caso aconteceu no início do ano, indicou a polícia.