Amazonas Política

TRE aguarda perícia da PF no aparelho de Mário Paulain para julgar Wilson Lima por compra de votos

Preso por suspeita de compra de votos para o governador Wilson Lima, o ex-prefeito de Nhamundá (a 375 quilômetros de Manaus), Mário Paulain teve seu celular apreendido pela Polícia Federal e o Tribunal Regional Eleitoral (TRE) aguarda perícia do aparelho. Após a perícia, o tribunal vai julgar o processo de Wilson Lima por compra de votos.

Paulain foi preso em 7 de outubro de 2018, data do primeiro turno das eleições, com materiais de campanha, RGs, títulos de eleitores e R$ 2 mil. Há ainda uma investigação sobre captação ou gasto ilícito de recursos financeiros de campanha contra Wilson Lima.

A ação foi ingressada pelo partido do ex-governador Amazonino Mendes, o PDT.