Wilson Lima não quer liberar a lista de sites e jornais que recebem dinheiro para fins publicitários

por admin
Wilson Lima não quer liberar a lista de sites e jornais que recebem dinheiro para fins publicitários

Foto: Divulgação

O desembargador do TJ-AM (Tribunal de Justiça do Amazonas), João Mauro Bessa, concedeu um mandato de segurança para que SECOM (Secretaria de Estado de Comunicação) que é comandada pela jornalista Daniela Assayag, para que seja liberada a lista de empresas de mídia que recebem dinheiro para fins publicitários, pagas com dinheiro público.

Daniela Assayag disse que não foi notificada sobre a decisão do desembargador de fornecer informações sobre as empresas de comunicação que receberam dinheiro do Estado para veiculação de matérias de interesse do governo nos últimos anos. Sua equipe jurídica informou que ela elenca uma série de medidas que secretários que antecederam ela fizeram para não divulgar os nomes dos veículos.

Tudo indica que Daniela vai recorrer da decisão e continuar mantendo em sigilo o nome dos veículos que o governo pagou para propaganda publicitária nos últimos anos. Isso é uma das controvérsias que o governo Wilson Lima (PSC) apresenta, já que durante sua campanha ele prometeu o “novo” e agora faz sem mais nem menos, as coisas que os governos anteriores faziam.

O desembargador pede para que a secretária informe a lista com a relação de pagamentos realizados a empresas de comunicação entre os anos de 2010 a 2017. Quem não deve não teme, e verificar o quanto a Rede Calderaro recebeu do governo nos últimos anos seria com certeza um problema para o atual governo.

Informações: Portal do Holanda

Leia também