Segurança

Quadrilha acusada de roubo de gado é presa no interior do Amazonas

Foto: Divulgação

A prisão do bando ocorreu nesta sexta-feira (12) em Careiro da Várzea (AM). De acordo com dono dos animais ao menos cinco bois foram furtados em dois meses.

Policiais Militares do 3º Pelotão em Careiro da Várzea prenderam na tarde desta sexta-feira (12), cinco homens, entre eles dois menores de idade, suspeitos de integrarem uma quadrilha especializada em roubo de gado no município. A prisão dos acusados se deu após o bando furtar mais um animal matar e vender a carne.

De acordo com informações do 2º Sargento PM Martins Rocha, a quadrilha atuava na cidade e já era observado a algum tempo. Os suspeitos foram localizados após o proprietário de uma fazenda, que não quis se identificar, na Vila da Gutierrez, Comunidade São Francisco de Assis, denunciar que quinta-feira (11), por volta das 22 horas, seus cachorros latiram dentro da propriedade. Pela manhã, o fazendeiro encontrou duas poças grandes de sangue identificando que no local os animais haviam sido mortos e esquartejados.

Os policiais militares, após receberem a denúncia, foram ao local e encontraram alguns objetos que foi abandonado pelos acusados e após a detenção de dois deles os mesmo intregaram os demais integrantes da quadrilha.

Na ação foram detidos: Janilson Veiga da Silva (33), Jeovane Ferreira de Oliveira (27), Denilson Bezerra da Silva (20) e foram apreendidos ainda dois menores, um de 16 e outro de 14 anos.

Ainda conforme informações do Sargento PM Rocha, outros envolvidos estão sendo procurados. O proprietário dos bois informou também que em dois meses cerca de cinco animais, segundo sua última contagem, já haviam sumido de sua propriedade.

Os cinco acusados foram conduzidos ao 35º Distrito Integrado de Polícia, em Careiro da Várzea e foram flagranteados por furto e corrupção de menores.