Suspeito de matar soldado da aeronáutica com facada em banda de carnaval é preso em Manaus

por Naief Queiroz
Suspeito de matar soldado da aeronáutica com facada em banda de carnaval é preso em Manaus

Foto: Patrick Marques/G1 AM

Um homem de 26 anos foi preso suspeito de ter participado da morte de um soldado da aeronáutica, durante uma banda de carnaval, no bairro Nossa Senhora das Graças, Zona Centro-Sul de Manaus. O soldado, na ocasião, viu que um amigo havia sido abordado e reagiu à tentativa de assalto. Ele foi atingido com uma facada no peito.

De acordo com o delegado Guilherme Torres, da Deegacia Especializada em Roubos, Furtos e Defraudações (Derfd), o crime aconteceu no dia 4 de março, enquanto os envolvidos estavam em uma banda de carnaval. Por volta de 0h30, o soldado viu o amigo ser abordado por dois homens.

“Os homens estavam com uma faca. Quando eles avistaram as vítimas, eles pegaram a faca e pediram os celulares. Um amigo do soldado reagiu. Ele viu quando o amigo se envolveu na situação e saiu em direção para salvá-lo. Ele acabou recebendo uma facada no tórax, mas morreu”, disse o delegado Guilherme Torres.

Ainda conforme Torres, depois do crime, a polícia começou a investigar o ocorrido. O suspeito de ter cometido o crime foi identificado como Arley Rodrigues Monteiro. Os policiais então o prenderam na segunda-feira (15).

Para a polícia, Monteiro confessou o crime e disse ter sido quem golpeou o soldado com a facada no peito. Apresentado em uma coletiva de imprensa na terça-feira (16), ele disse ser inocente. “Vou provar minha inocência”, disse.

O comparsa de Monteiro ainda não foi localizado, mas a Derfd deve continuar as investigações para prendê-lo.

Monteiro deve responder pelo crime de latrocínio. Após os procedimentos cabíveis na delegacia, ele deve ser encaminhado para o Centro de Detenção Provisória Masculino (CDPM).

G1

Leia também