Prefeitura paga caro, mas mantém unidades de saúde fluvial fechadas em Manacapuru

por admin
Prefeitura paga caro, mas mantém unidades de saúde fluvial fechadas em Manacapuru

Quem precisa de atendimento médico em Manacapuru (a 68 quilômetros de Manaus) está enfrentando sérios problemas. As Unidades Básicas de Saúde (UBS) fluvial que prestam atendimento para a zona rural do município estão abandonadas. Além disso, as lanchas da saúde que deveriam atender a população ribeirinha também estão sem condições de uso.

“Foram gastos mais de R$ 200 mil para as obras e nada funciona. Isso é um verdadeiro descaso com a população que precisa dos atendimentos e dos serviços o quanto antes”, disse o vereador Robson Nogueira.

Nem todo mundo tem acesso aos hospitais da cidade ou da capital e precisam com urgência que os atendimentos nas unidades de Manacapuru sejam retomados. “O atual prefeito está há dois anos no cargo e até agora não resolveu o problema da saúde em Manacapuru. O dinheiro está sendo jogado na lama”, comentou.

Leia também