Amazonas Segurança

‘Pacu’ é preso por participar de latrocínio tentado de policial civil aposentado

A equipe do Posto de Policiamento Integrado (PPI) do Distrito de Cacau Pirêra, situado em Iranduba, município distante 27 quilômetros em linha reta da capital, cumpriu na manhã de segunda-feira (10/6), por volta das 10h, mandado de prisão preventiva por latrocínio tentado em nome de Adriano da Costa da Silva, 20, conhecido como “Pacu”.

De acordo com o delegado Antonio Chicre Neto, titular do PPI, Adriano foi preso na casa onde estava morando, situada na rua Cruzeiro, bairro Mutirãozinho, no Distrito de Cacau Pirêra. A autoridade policial ressaltou que o infrator estava sendo procurado por envolvimento em caso de latrocínio tentado que teve como vítima um policial civil aposentado.

“Sabemos que esse crime aconteceu em novembro de 2017, na rodovia estadual AM-070, nas proximidades da Ponte Jornalista Phelippe Daou. Na época, a vítima estava conduzindo uma motocicleta quando foi abordada por Adriano e outros dois indivíduos, que ainda estão sendo procurados”, relatou Chicre Neto.

O titular do PPI de Cacau Pirêra informou que “Pacu” chegou a alvejar o policial civil. No entanto, a vítima utilizava um colete balístico e saiu ilesa do atentado. “Em seguida, ‘Pacu’ subtraiu do policial civil uma mochila, contendo dinheiro e documentos, além de um relógio e um cordão de ouro”, explicou.

Adriano foi preso em cumprimento a mandado de prisão preventiva expedido no dia 25 de abril deste ano, pelo juiz Túlio de Oliveira Dorinho, da 1ª Vara de Iranduba. O jovem foi levado à 31ª Delegacia Interativa de Polícia (DIP), situada em Iranduba, onde foram realizados os procedimentos cabíveis. Em seguida, ele será conduzido para unidade prisional em Manaus.