‘Bolsonaro conseguiu algo raro: unir esquerda e direita para acabar com esse filme de terror’, diz economista Eduardo Moreira

por Naief Queiroz

O erro de Bolsonaro hoje foi seu maior até agora. Ao demonstrar a que ponto sua crueldade pode chegar ao desrespeitar o assassinato de um pai, faz com que surjam sinais do que parecia impossível até pouco tempo: a união da esquerda e direita para interromper esse filme de terror

Leia também