Deputados do Novo e do PSOL se unem em críticas a Eduardo Bolsonaro

por Naief Queiroz
Deputados do Novo e do PSOL se unem em críticas a Eduardo Bolsonaro

Embora votem muitas vezes de maneira oposta na Assembleia Legislativa do Rio, os líderes do Novo e do PSOL, Chicão Bulhões e Flávio Serafini, foram ao Twitter criticar a possível indicação de Eduardo Bolsonaro à embaixada brasileira nos Estados Unidos.

E ainda impulsionaram a hashtag #EmbaixariaBrasileira, criada na quinta-feira (11), logo depois que as primeiras notícias sobre o assunto começaram a circular.

Bulhões cobrou coerência de “quem vive falando em ‘fim das mamatas’ e ‘indicações técnicas sem viés ideológico'”.

O Brasil até então sempre nomeou diplomatas de carreira para as Embaixadas, em especial uma tão importante quanto a dos EUA. É preciso haver coerência para quem vive falando em “fim das mamatas” e “indicações técnicas sem viés ideológicos”.

Já Serafini ironizou uma fala do Zero-Três, em que o presidente da Comissão de Relações Exteriores da Câmara elencou ter fritado hambúrguer entre suas qualificações para assumir um dos cargos mais importantes da diplomacia brasileira.

Leia também