Marcão do Povo é processado por acusar inocente de estupro

por Naief Queiroz
Marcão do Povo é processado por acusar inocente de estupro

A mare ainda não está para peixe. Marcão do Povo após ser denunciado pelo ministerio público do Rio de Janeiro pelo crime de racismo, agora também é processado após acusar um PM inocente de estupro em seu programa de TV, ‘Primeiro Impacto’ exibido no SBT.  A coluna teve acesso ao processo com exclusividade.

O processo corre no fórum de Santana de Parnaíba, interior de São Paulo. Na ocasião, Marcão chamou um PM (que vamos preservar a identidade) de estuprador, e mostrou a foto durante a atração policial. Porém o PM não foi procurado pela equipe. O processo criminal comprovou que o PM em questão não havia cometido o crime, nem sequer estava na cidade quando ocorreu. Mesmo assim, Marcão não se retratou.

A ação que o PM está movendo contra Marcão do Povo, gira em torno de 250 mil reais por danos morais, já que diversos outros sites replicaram a informação dada pelo apresentador. A coluna procurou Marcão do Povo para comentar o assunto, porém não retornou e se responder, a nota será atualizada.

Leia também