Pai tenta matar filha de um ano e tira a própria vida em seguida

por Naief Queiroz
Pai tenta matar filha de um ano e tira a própria vida em seguida

Um homem de 27 anos foi preso nessa sexta-feira (5) depois de tentar matar a filha de apenas um ano e, em seguida, tentar tirar a própria vida. O caso aconteceu na casa do suspeito, localizada em União do Norte, distrito de Peixoto de Azevedo (675 km de Cuiabá).

Conforme o boletim de ocorrência, a irmã do suspeito mandou uma mensagem para o patrão dele dizendo que seu irmão havia pedido para chamar a polícia, mas não falava o motivo.

O patrão, então, foi até a casa do funcionário e o encontrou no chão, com uma faca na mão, uma lesão no pescoço e aparentemente desmaiado.

Nesse momento, o patrão ouviu um leve gemido, como uma tentativa de respirar, e acabou encontrando a filha do funcionário deitada em uma cama, cheia de hematomas na cabeça e no rosto. Ela havia sido enforcada com uma braçadeira de plástico do estilo “enforca gato”.

Ele correu, cortou a braçadeira que estava asfixiando a bebê, fez massagem cardíaca nela e a encaminhou a um posto de saúde, onde a menina recebeu socorro médico e, depois, foi encaminhada em estado grave para o Hospital Regional de Peixoto de Azevedo.

Na sequência, o patrão ligou para a emergência e acionou a Polícia Militar. Uma equipe foi até o posto de saúde e encontrou o suspeito, que havia sido socorrido por terceiros, mas seguia desacordado.

Pouco depois da chegada da polícia, ele recobrou a consciência e, assim que recebeu alta, foi encaminhado para a delegacia, acusado de tentativa de homicídio doloso. Ele ficou com um ferimento no pescoço devido à tentativa de tirar a própria vida.

A mãe da bebê, de 27 anos, também foi presa, acusada de abandono de incapaz, visto que a irmã do suspeito relatou que ela tinha abandonado a filha e recebido, inclusive, ajuda financeira do pai da menina para deixar a bebê sozinha na casa dele, onde a tentativa de homicídio aconteceu.

Leia também