Devastação da Amazônia por Bolsonaro preocupa até governo Trump

por Naief Queiroz
Devastação da Amazônia por Bolsonaro preocupa até governo Trump

 O governo norte-americano está profundamente preocupado com os incêndios na Amazônia, disse uma autoridade da Casa Branca nesta sexta-feira, conforme cresce a preocupação internacional com o número recorde de queimadas neste ano.

“Estamos profundamente preocupados com o impacto dos incêndios na Floresta Amazônica sobre as comunidades, a biodiversidade e os recursos naturais da região”, disse a pessoa, pedindo para não ser identificada. O governo de Donald Trump é visto por Jair Bolsonaro como um de seus principiais aliados. A afirmação de alguém ligado a Casa Branca, condenando a destruição da floresta, porém, demonstra que o isolamento internacional do atual governo tende a crescer.  

Mais cedo, diversos líderes europeus classificaram os incêndios na Amazônia como uma “crise internacional” e avaliam a aplicação de sanções conra o Brasil em função do desmonte das políticas ambientais e do descaso com o meio ambiente por parte do governo Jair Bolsonaro. 

 A devastação da Amazônia deverá ser discutida neste fim de semana em  Biarritz, sudoeste francês, durante encontro das sete principais economias do mundo. O primeiro presidente do G7 a se manifestar sobre o tema foi Emmanuel Macron. Em seguida, Angela Merkel, da Alemanha, Justin Trudeau, do Canadá, e Boris Johnson, do Reino Unido, também cobraram ações do governo brasileiro para conter a devastação estimulada pelas declarações de Bolsonaro em favor da expansão do agronegócio sobre áreas de florestas. 

Leia também