Empresa que poluiu o Igarapé das Pedras é multada em R$ 73 mil

por redacao obs
Empresa que poluiu o Igarapé das Pedras é multada em R$ 73 mil

A empresa responsável pelo despejo irregular no “Igarapé das Pedras”, situado dentro da Comunidade das Pedras, no bairro Grande Vitória, Zona Leste da capital foi multada em mais de R$ 73 mil reais. A informação foi dada pelo vereador Fred Mota (PL) durante seu discurso na tribuna da Câmara Municipal de Manaus (CMM).

“É um valor que, verdadeiramente, os donos dessa empresa limpa fossa irão sentir no bolso. Foi feita a multa e estamos salvando os igarapés e logo será revitalizado. Teremos um igarapé limpo e onde as pessoas podem tomar banho”, falou.

Na sexta-feira (23/8), equipes da Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Sustentabilidade (Semmas) e da Polícia Ambiental estiveram no local. Eles multaram a empresa particular em 700 Unidades Fiscais do Municípío (UFM), cotada atualmente em R$ 105,40.

“Eu quero agradecer a competência e a exatidão de toda a equipe da Semmas e da Polícia Ambiental que acataram a denúncia e imediatamente foram até o local e verificaram a poluição. A população da Comunidade das Pedras está bastante agradecida”, reconheceu o parlamentar.

O vereador Fred Mota (PL) denunciou o crime ambiental, por meio de um vídeo, na manhã de terça-feira (20/8) na Câmara Municipal de Manaus (CCM). O parlamentar esteve no local no dia anterior e constatou o despejo irregular.

“É o único igarapé da área. Ainda sobrevive pela vontade de alguns moradores. É possível até tomar banho. A água é limpa e corrente. Mas caminhando um pouco mais, em outro trecho, dejetos químicos são despejados nesse igarapé”, denunciou a época.

Leia também