Justiça adia interrogatório de Caso Daniel para setembro

por redacao obs
Justiça adia interrogatório de Caso Daniel para setembro

A justiça adiou a fase final da audiência de instrução dos envolvidos na execução do ex-jogador Daniel Corrêa, em outubro do ano passado, morto durante uma festa na casa da família Brittes. Após cinco horas do início dos depoimentos dos acusados, na manhã desta terça-feira (13/08/2019), a juíza Luciani Regina Martins de Paula suspendeu a oitiva e remarcou para os dias 4, 5 e 6 de setembro. Foi feito um pedido de acareação entre testemunhas.

O advogado Rodrigo Faucz, que defende David Vollero e Ygor King — réus no processo —, comunicou a suspensão. “Foi decidido que não vai ser desmembrado, mas adiado”, pontuou. “É um direito deles ouvir todas as testemunhas”, declarou.

Leia também