Silvio Santos resolve dispensar Rachel Sheherazade e já procura substituta para a jornalista

por Naief Queiroz
Silvio Santos resolve dispensar Rachel Sheherazade e já procura substituta para a jornalista

A jornalista Rachel Sheherazade, que está no comando do SBT Brasil desde 2011, pode deixar o telejornal após o fim do contrato que assinou com o SBT. Antes queridinha de Silvio Santos, ela teria irritado o chefe com suas opiniões polêmicas, fazendo com que ele não almeje renovar o contrato.

De acordo com informações publicadas pelo site Notícias da TV, Silvio Santos já pediu a suspensão da profissional nas edições de sexta do telejornal, e agora já está disposto a realizar um rodízio de jornalistas na bancada do SBT Brasil para definir qual delas terá um melhor entrosamento com Carlos Nascimento, como acontece com Rachel Sheherazade.

O objetivo do dono do SBT é fazer uma espécie de teste para ver quem ocupará o lugar da jornalista, mesmo que já tenha uma favorita para o cargo. Trata-se de Solange Boulos, que já substituiu Rachel na edição de sábado do SBT Brasil e caiu nas graças de Silvio Santos após substituir Mara Mravilha no Fofocalizando.

O estopim para essa decisão de Silvio Santos teria sido uma opinião de Rachel Sheherazade em seu canal do YouTube sobre um massacre em um presídio no interior do Pará. Lá, ela chamou os agentes penitenciários de monstros, o que irritou o Sindicato dos Funcionários do Sistema Prisional do Estado de São Paulo.

O órgão pediu um posicionamento oficial do SBT sobre a declaração em carta aberta a Silvio Santos. “Primeiro por desrespeitar os agentes penitenciários do Estado de São Paulo e de todo o país ao generalizar a atuação de alguns como se representassem o todo”, diz a carta se referindo a Rachel Sheherazade.

Vale lembrar que, durante sua carreira, Rachel Sheherazade já passou por algo semelhante em sua carreira, quando já estava no SBT. Daquela vez, no entanto, envolvendo clara intervenção estatal, mas não resultando em demissão como atualmente.

Quando emitia suas opiniões no principal jornal da emissora, Silvio Santos teria sido surpreendido diretamente com um ultimato do então governo de Dilma Rousseff para que a jornalista parasse de opinar no jornal, o que realmente passou a acontecer em veto que dura até hoje.

Leia também