Índio é preso em flagrante agredindo esposa com socos na cabeça

por Naief Queiroz
Índio é preso em flagrante agredindo esposa com socos na cabeça

Um índio de 39 anos foi preso no último domingo (8) acusado de agredir a esposa, também indígena, de 57 anos. Ele foi pego em flagrante quando uma escrivã da Polícia Civil passava em frente à casa e foi alertada pelo neto do casal, de apenas sete anos.

Conforme informações da Polícia Judiciária Civil, a escrivã plantonista fazia diligências na rua quando encontrou o neto do casal em frente a uma casa chorando e pedindo por socorro.

Ela parou imediatamente para atender o menino e se aproximou da casa, que estava com o portão aberto. Nesse momento ela viu o índio agredindo a mulher.

A vítima, segundo relato da policial, estava caída, enquanto o marido a segurava pelos cabelos e a agredia com socos na cabeça.

A escrivã ordenou que o suspeito soltasse a mulher, mas, aparentando estar embriagado, ele ainda ameaçou e xingou a vítima na frente da autoridade.

A policial civil solicitou apoio e colegas de farda foram até o local e detiveram o suspeito, que foi levado para a delegacia de São Félix do Araguaia, interrogado e autuado em flagrante por vias de fato e pelo crime de ameaça no âmbito da legislação penal, combinado com a Lei Maria da Penha.

A vítima também foi ouvida e disse não ser a primeira agressão. Porém, por medo, ela nunca havia o denunciado. Desta vez ela foi submetida a exame de corpo de delito e pediu medidas protetivas contra o marido.

Logo depois da vítima e do suspeito serem ouvidos, a Justiça converteu a prisão do suspeito de flagrante para preventiva. A Polícia Judiciária Civil continuará as investigações do caso para conclusão do inquérito e possível indiciamento do investigado.

Leia também