Venezuelanas são presas após roubarem celular de jovem na saída do Hospital da Criança

por Naief Queiroz
Venezuelanas são presas após roubarem celular de jovem na saída do Hospital da Criança

Duas venezuelanas, de 19 e 20 anos, foram presas em flagrante na noite desta quinta-feira (17), depois de roubarem o celular de uma jovem na saída do Hospital da Criança, no bairro 13 de Setembro. A vítima estava com a filha de um ano no colo, quando foi atacada pelas imigrantes.

A vítima, de 19 anos que teve o nome preservado, contou que momentos antes do assalto viu as duas suspeitas sentadas do outro lado da avenida e enquanto caminhava, ouviu elas lhe chamarem, porém não deu atenção e seguiu andando.

Pouco tempo depois, as duas mulheres correram ao seu encontro. Uma delas encostou uma faca na sua cintura e a outra abriu a bolsinha da criança e tirou o celular. Em seguida, as duas criminosas fugiram correndo.

Uma equipe de policiais militares da Companhia Independente de Policiamento de Guarda (CIPG), passava pelo local quando a vítima os acionou e contou do roubo. Os policiais foram em busca das suspeitas e minutos depois, capturou a dupla com o celular da vítima e a faca utilizada no assalto.

Mariana de Los Angeles Gonzalez Prado e Maria Isabel Rausseo Cemedo, foram conduzidas ao Plantão da Polícia Civil. Após receber o relatório da equipe policial e ouvir todos os envolvidos, o delegado Marcus Albano formalizou a prisão das imigrantes em flagrante por roubo qualificado.

Ao final do procedimento policial, as duas foram levadas para a carceragem da PC onde passaram o resto da noite e na manhã desta sexta-feira (18), serão levadas para audiência de custódia.

O celular da vítima foi restituído após a conclusão do flagrante.

Leia também