Em carta ao Papai Noel, menino pede comida e chinelo para irmão autista viraliza na web

por Naief Queiroz
Em carta ao Papai Noel, menino pede comida e chinelo para irmão autista viraliza na web

A cartinha de natal de um menino de 10 anos virou notícia na mídia e comoveu muita gente quinta-feira (14), em todo o país. Isso porque o garoto não pediu brinquedos, jogos ou coisas que normalmente uma criança pediria, ele pediu comida e chinelos.

O caso aconteceu em Peruíbe, no litoral de São Paulo. Dois policiais faziam patrulhamento na área, quando a mãe do menino os chamou e pediu que ele levassem acata para os Correios, já que não rinha como chegar até lá.

Os agentes atenderem o pedido e no meio do caminho, perceberam que a correspondência estava endereçada  ao “Papai Noel dos Correios” e decidiram abrir. Assim que começaram a ler, se emocionaram com o conteúdo.

Nas linhas Gabriel conta que foi abandonado pelo pai e mora apenas com a mãe e um irmão autista. Ele revela que a mãe não consegue trabalhar por conta das necessidades do irmãozinho e por isso, estão passando dificuldades.

Entre as confissões e os sonhos de um dia se  tornar um advogado, ele afirma que não quer brinquedos, mas apenas uma cesta de comida e dois chinelos para ele e o irmão poderem passar o Natal com tranquilidade.

O depoimento comoveu os agentes que imediatamente voltaram, compraram uma cesta básica e as sandálias e foram ao encontro de Gabriel. Ele ainda questionou que o Natal ainda não havia chegado, mas os PMs contaram que o “Bom Velhinho” estava no Cetro da cidade e havia adiantado alguns presentes este ano, incluindo o dele. O ato de amor e solidariedade vitalizou nas redes sociais.

Leia também