Hacker Vermelho falsificou mensagem de Moro e Dallagnol e agora Gilmar Mendes?

por Naief Queiroz
Hacker Vermelho falsificou mensagem de Moro e Dallagnol e agora Gilmar Mendes?

A Polícia Federal já periciou as mensagens de terceiros que Walter Delgatti enviou à deputada Manuela D’Ávila e confirmou que várias delas eram falsas.

Vermelho sequestrou contas inativas do Telegram de alguns alvos e passou a simular diálogos,apresentando-as depois como se fossem conversas verdadeiras.

Veja o que disse o ministro do STF Gilmar Mendes antes: As conversas supostamente mostrariam que Moro teria orientado investigações da Lava Jato por meio de mensagens trocadas no aplicativo Telegram. O site afirmou que recebeu de fonte anônima o material.

Indagado sobre se eventuais provas colhidas ilegalmente poderiam ser anuladas, Mendes respondeu: “Não necessariamente, porque se amanhã alguém tiver sido alvo de uma condenação, por exemplo, por assassinato e aí se descobriu por alguma prova ilegal que ele não é o autor do crime, se diz em geral que essa prova é válida”.

Leia também