Pai atirava nos filhos com arma de airsoft por não fazerem serviços domésticos

por Naief Queiroz
Pai atirava nos filhos com arma de airsoft por não fazerem serviços domésticos

Homem, de 34 anos, usava uma arma de airsoft contra as crianças de 9 e 15 anos. Ferimentos no corpo foram descobertos pela professora.

Um pai de 34 anos disparava contra os filhos usando armas de airsoft quando as crianças se recusavam a realizar afazeres domésticos. O homem prestou depoimento à Central de Flagrantes da Polícia Civil, de Ribeirão Preto (SP). As informações são do portal G1.

“Inquirido, o indiciado informou que chegou em casa dias atrás e passou a brincar com as armas de airsoft, e como as vítimas não quiseram realizar afazeres domésticos, ele atirou contra elas, e como estava no modo rajada, saíram várias bolinhas (…)”, diz o registro do depoimento.

O acusado vai responder por tortura e teve a prisão em flagrante convertida em preventiva nesta terça-feira (12/11/2019). Ele já havia sido preso nessa segunda-feira (11/11/2019) quando ainda era tratado como suspeito. A mãe das crianças, uma técnica de enfermagem de 31 anos, também é investigada.

Questionada, a mãe disse que nunca denunciou o marido por ter medo dele, além de temer perder a guarda do filho mais novo, que é adotado.

Segundo o Conselho Tutelar, as vítimas, de 9 e 15 anos, ficarão sob a guarda dos avós maternos. A Polícia Civil informou que as crianças passam por “intenso sofrimento mental, bastante temerosas pelas atitudes violentas do pai”.

O crime foi descoberto e denunciado pela professora da vítima mais velha, que notou os ferimentos em diversas partes do corpo da aluna.

Leia também