Serial Killer corta rapaz em pedaços com motosserra após ser chamado de “corno”

por Naief Queiroz

Um homem de 26 anos é suspeito de ter matado, nessa terça-feira, um colega de trabalho com uma motosserra em São Joaquim (SC). O caso ocorreu em uma área de reflorestamento que fica na região serrana do estado. As informações são do jornal O Dia.

De acordo com a Polícia Militar, o suspeito empurrou o colega do cavalo após uma discussão. Em seguida, ligou uma motosserra e o golpeou no pescoço. A vítima, identificada como Luiz Branco Machado, de 37 anos, morreu no local.

Ele confessou o crime. Em depoimento, disse que o colega o teria ofendido. Luiz Branco teria chamado o suspeito de “corno” e “vagabundo“, além de ter xingado sua mulher.

Após o assassinato, o suspeito tentou esconder o corpo da vítima com palha. Um outro trabalhador do local, contudo, entrou em contato com o chefe, que acionou a polícia militar. O homem também tentou se esconder dos agentes em uma casa utilizada como alojamento de funcionários. Ele foi encontrado e preso em flagrante.

Leia também