Simaria se livra de atentado contra sua vida e criminoso revela ter levado tiros da família dela

por Naief Queiroz
Simaria se livra de atentado contra sua vida e criminoso revela ter levado tiros da família dela

Simaria quase perdeu a sua vida após um esquema de assassinato ser descoberto e interrompido, levando o suspeito para dentro da cadeia. Identificado como Ricardo Welter, o rapaz já tinha planejado o dia 15 de dezembro, durante um show no Rio Grande do Sul, para ceifar a vida da irmã de Simone, mas a equipe da famosa conseguiu colocá-lo atrás das grades antes que o pior pudesse acontecer. Agora, alguns outros detalhes sobre o caso vieram à tona, e mais de 20 anos de história foram revelados.

De acordo com Alessandro Lo-Bianco, do programa A Tarde é Sua, da RedeTV!, o homem tem claros indícios de doenças mentais, além de falar sobre coisas do passado que nunca aconteceram.

Por exemplo, Ricardo disse às autoridades que levou tiros da família da cantora em 1996 e ficou internado em um hospital de Campo Grande, no Mato Grosso do Sul.

O ‘fã’ de Simaria ainda alegou que algumas músicas das sertanejas teriam sido escritas para ele, como uma forma de homenagem, deixando bem claro que acredita em um passado intenso com a famosa. Já foram feitas algumas investigações e não há nada que relacione o suspeito com as artistas. Além disso, não há registros de ataques e de internações no nome do rapaz na cidade e na data mencionadas.

A cantora recebia frequentemente ameaças de Ricardo Welter, que foi preso em casa ao lado da esposa e dos dois filhos após anunciar o dia que o atentado aconteceria. A partir disso, as assessoras das famosas ficaram desesperadas, entraram com um pedido ao Ministério Público e obtiveram um mandado de prisão contra o rapaz. “Ultimamente ele começou a fazer ameaças muito fortes. Quando ele postou que, para fazer o show, deveriam matá-lo, a assessoria das cantoras ficou apavorada”, disse o delegado Alexandre Ferreira, do Rio Grande do Sul.

Leia também