Contrato milionário entre a Secretaria da Mulher e a empresa Seven vira alvo do MPF

por Naief Queiroz
Contrato milionário entre a Secretaria da Mulher e a empresa Seven vira alvo do MPF

Na última sexta-feira (13), o Ministério Público Federal (MPF), instaurou um inquérito para investigar um contrato celebrado entre a Secretaria Municipal da Mulher Assistência Social e Cidadania (Semasc) e a empresa Seven Consultoria e Projetos Ltda-EPP, no valor de R$6,4 milhões. A informação foi publicada no Diário Oficial do MPF e assinado pelo Procurador da República José Gladston Viana Correia.

O objetivo do inquérito é investigar possíveis irregularidades no contrato nº 004/2018, com o prazo de um ano, que foi pago pelo Fundo Nacional de Assistência Social. Na época a Semasc era a antiga Semmasdh (Secretaria Municipal da Mulher, Assistência Social e Direitos Humanos).

De acordo com a pesquisa feita pelo site Amazonas1, no site da Receita Federal a empresa Seven Consultoria tem capital social de R$ 1,3 milhões e a principal atividade econômica da empresa é voltada aos serviços de assistencial social sem alojamento. 

O contrato firmado entre a Seven e a Semasc com valor milionário  era para construção do “Projeto Busca Ativa”, para o Programa Bolsa Família e CAD Único.

Segundo o Portal da Transparência de Manaus, em agosto e outubro deste ano, o contato da secretaria e a Seven teve dois termos aditivos. No dia 7 de agosto a empresa recebeu R$ 1.139.375,75 por “supressão por decréscimo”, sendo que a primeira parcela foi n valor de R$ 535.833,33, faltando ainda duas parcelas no valor de R$ 301.771,21.

O segundo termo aditivo, no dia 21 outubro teve por objetivo a prorrogação do contrato por quatro meses, a contar do dia 19 de agosto, visando continuar a execução dos serviços.

Por meio de nota, a Semasc dsse que aguarda ser notificada pelo MPF para disponibilizar informações  sobre quais as diligências serão tomadas. 

Confira o extrato da publicação

Com informações Amazonas1  

Leia também