Homem é preso após comer cérebro de mulher com arroz

por Naief Queiroz

Um homem foi preso na tarde desta quinta-feira (5) suspeito de decapitar e comer o cérebro de uma mulher, nas Filipinas. De acordo com a polícia local, o homem havia sido denunciado por vizinhos após suspeita de ter assassinado uma mulher, ainda não identificada.

Após ter sido detido, o jovem de 21 anos, apontado como Lloyd Bagton, confessou ter comido o cérebro da vítima. Conforme o depoimento, o suspeito teria sentido fome após cometer o crime, utilizando o órgão como cobertura para o arroz que ele havia cozinhado.

Corpo da mulher foi encontrado sem a cabeça

O corpo da vítima foi encontrado pela polícia com a cabeça decapitada e com as mãos amarradas. De acordo com as investigações, o cadáver estava abandonado há quatro metros de distância da casa do suspeito.

O suspeito confessou à polícia que cortou fora a cabeça da mulher utilizando um canivete. Além disso, Lloyd justificou o assassinato dizendo que ouviu a vítima falando em inglês, o que acabou o deixando irritado.

Suspeito de canibalismo sofre de distúrbio psicológico
Além disso, testemunhas relataram terem visto uma mulher caminhando ao lado do suspeito antes do incidente acontecer. A polícia acredita que o homem sofre de algum tipo de distúrbio psicológico, baseado nos relatos de conhecidos.

De acordo com a polícia local, o corpo da mulher assassinada ainda está sendo identificado pelas investigações. O rapaz está detido e aguarda julgamento.

Leia também