Nutricionista encontra coliformes fecais em alimentos vendidos em terminal de Manaus

por Naief Queiroz

Em pesquisa realizada pela nutricionista Noemi Tamborine foi constatado que de cada sete banquinhas de churrasco no Terminal 5, localizado na zona Leste de Manaus, em seis as carnes vendidas estão infectados com coliformes fecais, que são bactérias das fezes humanas e de animais. O resultado do estudo é baseado na analise dos alimentos vendidos nas sete barraquinhas de churrasco. 

Uma explicação para a presença das bactérias nestes alimentos consiste na exposição ao ar livre, estando sujeitas ao risco de contaminação pelo ar e também pela poluição. 

O resultado da pesquisa no Terminal 5 também pode servir de base para os alimentos consumidos nos demais terminais de integração da capital amazonense e de outros alimentos do comércio informal. 

Leia também