Josué Neto mobiliza eleitores para criação do ‘Aliança Pelo Brasil’ no Amazonas

por Naief Queiroz

Embora o presidente da Assembleia tenha afirmado  que não concorrerá, a qualquer momento isso pode mudar. É no que acredita o advogado e sociólogo, Helso Ribeiro.

Ele relata que mesmo que o partido Aliança seja criado e Josué Neto se filie e concorra à Prefeitura de Manaus, teria problemas com a mudança de sigla. “Não acredito que o partido seja criado este ano e nem acredito que  Bolsonaro queira isso este ano. Caso isso ocorra, Josué teria que deixar seu cargo para concorrer  e caso perca a eleição, ficará sem mandato. Então vejo esta possível mudança de partido como pouco improvável. Ele apenas está pegando carona no embalo Bolsonaro”, diz Helso.

Já o sociólogo Luiz Fernando afirma que a legislação não impede que Josué se candidate pelo partido Aliança, porém o sociólogo presume que ele perderá forças política para emplacar nessa candidatura. “Vejo isso como um mau sinal, o presidente da Assembleia entrando em um novo partido, para emplacar essa eleição de 2020, é uma incógnita”, conclui Luiz.

Leia também