Menina morre de fome após mãe deixá-la sozinha por uma semana para ir em festas

por Naief Queiroz
Menina morre de fome após mãe deixá-la sozinha por uma semana para ir em festas

A mãe deixou sua menina pequena sozinha no apartamento por uma semana e foi para várias festas .

Uma menina de apenas três anos faleceu após sua mãe tê-la deixado sozinha em casa por uma semana. Maria Plenkina, 21 anos, deixou sua filha pequena trancada no apartamento em Kirov na Rússia.

A bebê ficou trancada no apartamento do dia 13 de fevereiro a 20 de fevereiro do ano passado. Sua mãe deixou apenas uma pequena quantidade de iogurte, frango e salsicha para a filha. Para piorar, a mãe ainda desligou a água do apartamento quando deixou a filha sozinha no local.

A quantidade de comida era muito pouca para uma semana e a pequena acabou morrendo de fome e/ou de sede. A garotinha ficou com tanta fome que chegou a comer sabão em pó.

Foi a avó quem encontrou sua netinha sem vida. Irina Plenkina, 47 anos, foi até o apartamento para comemorar o aniversário de três anos da netinha. Ela então encontrou a garotinha sem vida em um quarto muito frio, já que nesta época é pleno inverno na Rússia.

Agora, a mãe está sendo julgada pela morte de sua filha. No julgamento foi revelado que quando deixou a filha sozinha em casa por dias Maria foi dormir na casa de uma amiga. Para esta amiga, ela alegou que a filha estava com uma babá. A amiga relatou que nestes dias, Maria foi a diversas festas e bares.

Também foi revelado que a mãe estava sã quando abandonou a filha. No julgamento, a mãe chorou e confessou ter abandonado a filha, mas alegou que não queria que ela morresse e que havia deixado comida para a pequena. Contudo, ao ser questionada sobre o quanto de comida havia deixado para a filha, ela simplesmente não soube dizer.

A avó também desabafou sobre a terrível perda no julgamento. Irina relatou que sua filha a enganou e dizia que estava tudo bem. “Ela mentiu dizendo que estava tudo bem. Ela mentiu para todos. Eu nunca pensei que Maria pudesse fazer algo assim…Se eu tivesse notado que tinha alguma coisa errada…eu teria cuidado da minha netinha”, desabafou a avó no julgamento. O julgamento ainda está acontecendo, caso seja condenada Maria pode passar até 20 anos na prisão

Leia também