Brasileiro morre afogado em fezes de porcos em Portugal

por Naief Queiroz
Brasileiro morre afogado em fezes de porcos em Portugal

Dois brasileiros morreram neste sábado em Portugal, após caírem em uma fossa usada para criação de porcos, de acordo com informações do Diário da Região de Leiria, de Portugal. O empresário Rui Duarte Cordeiro, de 50 anos, e o filho dele, Gonçalo Pereira Duarte, de 30 anos, tentaram ajudar um funcionário da fazenda que havia caído na fossa, e também morreu.

Outro filho de Rui, Rafael Cordeiro, também caiu na fossa, mas conseguiu sobreviver. Ele está internado em estado grave em  um hospital da região portuguesa de Santarém. A família de Rui Duarte é da região de Registro, interior de São Paulo, e tem um negócio de criação de porcos em Portugal.

Segundo a imprensa local, um funcionário da fazenda realizava a limpeza na fossa de dejetos quando caiu no local. Rui e os dois filhos, Gonçalo e Rafael, foram tentar ajudar o funcionário e também caíram. De acordo com a imprensa local, a fossa de suinicultura tinha cerca de 6 metros de profundidade. As vítimas morreram soterradas.

Equipes do Corpo de Bombeiros foram até o local e conseguiram resgatar Rafael, que foi levado ao Hospital de Santarém. A filha do funcionário também foi retirada com vida e transportada para o Hospital de Abrantes com ferimentos graves. Gonçalo, Rui e o funcionário Bruno morreram dentro da fossa.

Leia também